sexta-feira, 12 de junho de 2015

Caminho de Santiago: encontro com a Natureza

Numa viagem destas entregas-te à Natureza como a uma amada. E com isso ganhas o direito a todos os seus caprichos. Noite. Nascer do dia. Chuva. Trovoada. Vento. E um fabuloso sol para beber uma Super Bock à chegada a Valença. O bucolismo de um verde montanhoso e e enevoado encontrou-se com o azul fronteiriço desta terra.
Passámos por localidades. Localidades que emigraram inteiras.
Passámos por animais soltos e por pessoas desertas.
O Marco é fala-barato e eu escuto animado. Há partes do caminho que nos tiram o pio. Há outras onde o fresco do vento, as árvores que verdejam e os passarinhos fazem uma cantoria e tudo é simples e pleno.
(Enquanto isto no albergue o velho vizinho ressona gravemente desafinado)
‪#‎aipernas‬ ‪#‎santiago‬ ‪#‎verdesanos‬

Sem comentários:

Enviar um comentário

Tesouradas